Intercâmbio em Montreal – Canadá- A cidade Francoinglês

Meu nome é Caroline Veloso, tenho 27 anos e esse ano resolvi fazer um intercâmbio. Essa escolha foi repentina e inusitada. Fui convidada a ir com a minha prima conhecer Montreal. Confesso que não seria a escolha que eu faria, caso o intercâmbio fosse 100% meu; porém, ir como convidada nos falta escolha e apenas aceitar.

E que bom que eu aceitei! É tão bom se surpreender positivamente com um lugar, né? A viagem estava praticamente toda nas mãos da minha prima, lugares onde ir, o que comer, o que fazer, e etc. Primeira vez que eu deixo alguém comandar um roteiro, e foi libertador. Me senti mais tranquila, é bom de vez em quando, recomendo. haha

O Canadá é um destino muito lindo, e eu digo sobre o país inteiro, não apenas em Quebéc (província na qual eu estava, no caso), e sim. Lá eles tem o costume de falar como “províncias” e não “estados”, como nós. Pude ver que o país é muito rico na questão turística, tem muitos lugares lindos e diferentes para conhecer. Além de ser um destino um pouco mais barato, você se enriquece de cultura e lugares incríveis.

Mas vamos ao que interessa, e falar sobre Montreal! Bom, Quebéc/Montreal, é uma das regiões no Canadá cujo a língua principal é o francês, e o inglês vem em segundo lugar. Lá tudo é em francês, com a tradução do inglês logo abaixo, mas mesmo assim, o idioma predominante é o francês. Você ouve em francês, lê em francês, você é obrigado a emergir na língua. Gostando ou não. No meu caso, não gostando. Mas eu não tinha escolha; eu tinha que pegar o ônibus, metrô, Uber e andar pelas ruas e me localizar, em francês. Eu falava em inglês, e eles respondiam, graças a Deus! Por mais que eles prefiram ao francês, eles te saúdam com “‘bonjour, hi”. Então, vai de você responder; caso seja ”bonjour”, eles passarão a falar com você em francês, e com ”hi”, em inglês.

Host Family

Sobre hospedagem

Eu e minha prima resolvemos ficar na casa de uma host family. Tínhamos opções de ficar em um prédio para estudantes, ou uma host family. Escolhemos a host family para obter uma experiência completa. Eles eram um casal de idosos, que moravam nos subúrbios de Montreal. Eles nos forneciam tudo e nos ajudavam também.

Eles também hospedaram mais duas estudantes; uma italiana e uma húngara. A experiência foi muito legal. Todos falavam em inglês, mas como as meninas e a minha prima estavam ali para estudar francês, às vezes o idioma era trocado. E isso é muito comum em Montreal.

A experiência que eu tive em uma host family foi boa, é bom se sentir em casa e se algo acontecer, é bom ter alguém a quem recorrer.

Turimos por Montreal e de Montreal

Montroyal Mountain

Montreal tem muitos lugares turísticos e diferentes para visitar. Por mais que seja cosmopolita, tem muito verde e natureza. Esse é o Montroyal, um vulcão adormecido que virou atração turística pois lá de cima, você consegue ver a cidade inteira.

A cidade se chama Montreal, por causa desse vulcão. E de tanto falar ”’montroyal” os ingleses da época aperfeiçoaram para uma forma mais simples para eles, e assim virou Montreal.

É uma cidade muito rica em cultura e muito diversificada. Por ser aberto e bom acolhedor, o Canadá acolhe diferentes nacionalidades do mundo todo. E é possível ver isso em Montreal o tempo todo. É muito comum ouvir pessoas falando espanhol, árabe, mandarim, e etc. Não são apenas turistas, são moradores dessa cidade que não tem preconceito.

Bom, além do Montroyal de dia ser lindo, a vista a noite é espetacular. Difícil escolher qual período é o mais bonito. E a noite você consegue ver guaxinins pelo parque, eles andam naturalmente entre as pessoas, é muito fofo!

Montroyal de noite
Guaxinim

Mais turismo

Além de muita coisa para fazer em Montreal, você também pode ir para Quebéc City. Fica algumas horas de carro de Montreal, e vale muito a pena conhecer. Parece uma cidade que saiu de contos de fadas! É muito turística e muito rica em cultura também. Afinal, foi ali que os franceses se instalaram; portanto, é muito mais comum as pessoas falarem somente em francês, mas isso não é um empecilho.

Vale a pena explorar cada canto desse lugar, e é legal passar um final de semana, ou pelo menos 3 dias. Mas, caso você também tenha apenas um dia, não tem problema. Você consegue ver e conhecer muito bem. E nada impede você a voltar! Porque eu pretendo, vale à pena!

Quebec City

Você consegue ir de Montreal também para Toronto. Fica também a algumas horas de carro, e lá a língua predominante é o inglês, apenas.

E se Montreal é uma cidade grande e cosmopolita, Toronto é o dobro. Me lembrou Nova York, porém, um pouco mais limpa e mais calma. Sem buzinas e sirenes, haha.

Toronto

E o que fica a mais ou menos duas horas de Toronto? As cataratas do Niagara!

Sim, é perto e é um lugar que na minha opinião, todos deveriam ver e conhecer um dia! Lá eu recomendo passar um final de semana inteiro. Porque por mais que todo mundo ache que existe apenas as Cataratas, estão enganados! Tem uma cidade lá, que lembra muito Las Vegas, e a noite é muito gostoso de ir, passear e se divertir. É um lugar para relaxar!

Mas não existem palavras para descrever a beleza que é ver as Cataratas. O que você consegue é apenas sentir.

Cataratas do Niagara
Passeio de barco que passa por debaixo das Cataratas
Cataratas do Niagara – lado dos Estados Unidos

Bom, o resumo da minha viagem é esse. É agradecer por ter visto tantas maravilhas, por conhecer uma cultura tão rica e tão mente aberta. É poder ter histórias para contar, experiências vividas sem medo de ser feliz.

Por mais que Montreal não era um destino que estava tão cedo em meus planos, eu me surpreendi em me arrepiar ao viver tanta coisa bonita, legal. Voltei com o coração alegre, agradecido e feliz por ter vivido tudo isso.

Recomendo à todos visitar esse lugar tão solidário e rico que é Montreal, e o Canadá, logicamente. A energia de lá é muito leve. Sou mais completa depois disso.

Tenho um canal no Youtube para quem gostaria de me conhecer melhor! Vou deixar o link!

https://www.youtube.com/channel/UC9C7PriQ01gxzgKWMGHMiDg?view_as=subscriber

Texto por: Caroline Veloso

Instagram: @carolinevelds


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s